Trabalhadores da Arcelor Bioflorestas aprovam ACT para 2020


Após análise dos trabalhadores da Arcelor Bioflorestas, o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) negociado pelas entidades sindicais foi aprovado. Os principais pontos definidos foram o reajuste salarial de 2,55% (INPC de novembro/2019), retroativo a 1º de novembro, data-base do ACT; pagamento de abono de R$ 205; vale-cesta de R$ 140, a partir de 1º de março. A validade do acordo é de um ano. Fizeram parte desta negociação a Ftiemg, o Sindex-MG e os Sindicatos dos Trabalhadores na Indústria de Extração (STI) de Bom Despacho, Carbonita, Dionísio e Santa Bárbara.

O Sindex realizou assembleia em Baixa Verde (distrito do município de Dionísio), dia 18 de fevereiro, quando o ACT foi aprovado por 91% dos presentes. Outra assembleia foi feita pelo Sindex na Fazenda Bonsucesso, no município de Vazante, nos dias 19 e 20 de fevereiro, também aprovando o acordo.

Duas assembleias foram realizadas pelo sindicato de Carbonita, nos dias 19 e 20. A importância da filiação para manutenção do sindicato foi ressaltada para os 271 trabalhadores presentes, que aprovaram o ACT.

Na região de Bom Despacho foram três assembleias, em Martinho Campos, Abaeté e Quartel Geral, nos dias 19, 20 e 21 de fevereiro. Foram reunidos 301 trabalhadores, que também aprovaram o ACT.

A proposta foi conseguida depois de uma negociação difícil entre as entidades sindicais e representantes da Arcelor Bioflorestas, finalizada no dia 12 de fevereiro. Ao todo, mais de 600 trabalhadores participaram das assembleias.