Massacre de Brumadinho: Quanto vale uma vida?


NOTA PÚBLICA

Massacre de Brumadinho: Quanto vale uma vida?
A Vale estipula o preço, mas não paga!

A Vale afirma, em documento interno da empresa, que os valores de indenização arbitrados pela Justiça brasileira são "bastante reduzidos" e que, "considerando a política e valores da Vale, nos quais a vida humana está em primeiro lugar", irá considerar "o valor de indenização por perdas de vida igual a U$2.600.000,00", cerca de R$9,7 milhões de reais.

Mas, o que a Vale diz não se escreve e o que ela escreve não VALE!

Na audiência realizada no último dia 22, a Vale recusou a proposta de indenização de R$ 9,7 milhões de reais apresentada pelos sindicatos, juntamente com a comissão de familiares das vítimas e o Ministério Público do Trabalho, baseada em seu próprio estudo e insistiu em sua proposta de indenização, rebaixada e discriminatória, que já foi rejeitada.

VALE: NOSSA VIDA NÃO TEM PREÇO E SUA GANÂNCIA NÃO TEM LIMITES

ESTÁ NA HORA DE CUMPRIR SUAS PROMESSAS

Assinam esta Nota: METABASE BRUMADINHO, SITICOP/MG, FTIEMG, SINDADOS/MG, SINTECT/MG, SEERC/MG, RODOVIÁRIOS BRUMADINHO, SINTEPOPE/MG