26Julho2017

Informes Notícias 4/3/2016 Audiência com ArcelorMittal é adiada

4/3/2016 Audiência com ArcelorMittal é adiada

  • PDF

A audiência na Superintendência Regional do Trabalho, em Belo Horizonte, para discutir o Acordo Coletivo de Trabalho 2015/2016 da ArcelorMittal Bioflorestas, foi adiada para a próxima terça-feira, dia 8, às 8h. A reunião, que estava marcada para a manhã desta sexta (4), foi solicitada pelo Sindex-MG e os Sindicatos Extrativos de Carbonita e Santa Bárbara.


O objetivo é tentar chegar a uma solução para o impasse envolvendo o ACT, que tem data-base em 1º de novembro. Os representantes dos trabalhadores e da empresa já se reuniram várias vezes, mas não se chegou a um consenso. Em assembléia realizada em 1º de março, cerca de 300 trabalhadores ArcelorMittal Bioflorestas, que atuam no município de Carbonita, rejeitaram a proposta de Acordo Coletivo, que estabelece reajuste salarial de 10,33% para quem ganha até R$ 1.500,00 e de 5% para quem recebe acima desse valor.

Além do percentual de 5% estar bem abaixo da inflação, a empresa propôs que esse aumento fosse dividido em duas parcelas – 3% retroativo a 1º de novembro, data-base do ACT, e 2% em maio. Os trabalhadores não aceitaram essa proposta e exigem ainda o pagamento de abono salarial, que não foi contemplado pela empresa. Além desses três sindicatos, negociam com a Arcelor os Sindicatos Extrativos de Bom Despacho e Dionísio. Ao todo, cerca de 1.200 funcionários são regidos por esse ACT.