27Maio2017

Informes Notícias 21/01/2016 Negociação continua difícil com ArcelorMittal

21/01/2016 Negociação continua difícil com ArcelorMittal

  • PDF
altJá foram cinco rodadas de negociação com a ArcelorMittal Bioflorestas, para discutir o Acordo Coletivo de Trabalho 2015/2016. A última aconteceu na terça (19) e ainda não foi possível chegar  a um consenso. A Arcelor apresentou, como proposta, o reajuste de 10,33% para os trabalhadores do piso e de 6% para demais funções, dividido em duas parcelas - metade retroativa a 1º de novembro (data-base) e a outra em maio. Além disso, banco de horas de 1X1 (uma hora de folga por uma hora trabalhada). As entidades sindicais não aceitaram e apresentaram a seguinte contraproposta: reajuste de 10,33% (INPC) para todos e banco de horas de 2X1 (duas horas de folga para cada hora trabalhada). A Ftiemg, o Sindex-MG e os Sindicatos Extrativos de Bom Despacho, Carbonita, Dionísio e Santa Bárbara esperam que os representantes da ArcelorMittal possam analisar essa contraproposta com seriedade, buscando realmente avançar nas negociações.