23Junho2017

Informes Notícias 12/11/2013 Justiça concede liminar contra demissões na Votorantim

12/11/2013 Justiça concede liminar contra demissões na Votorantim

  • PDF
A mobilização contra a demissão em massa, anunciada pela Votorantim Metais, já produz resultados positivos. A Vara do Trabalho de São Sebastião do Paraíso concedeu uma liminar cancelando e suspendendo todas as demissões na unidade da empresa em Fortaleza de Minas. Além disso, determina a reintegração de todos os demitidos e estabelece uma multa diária de R$ 10 mil por cada dispensa que ocorrer. Entenda o caso- A Ação Civil Pública do Ministério Público do Trabalho de Pouso Alegre foi motivada pela gravidade da situação – a Votorantim Metais anunciou a demissão de 400 dos seus 430 funcionários, em sua unidade na cidade de Fortaleza de Minas. Além dos empregos diretos, a medida causaria o desemprego de mais 300 terceirizados e a queda na arrecadação do município.

Uma ampla mobilização popular teve início, com participação ativa da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias Extrativas do Estado de Minas Gerais (Ftiemg). O presidente da entidade, José Maria Soares, esteve no Ministério Público do Trabalho de Pouso Alegre, no último dia 30, levando a preocupação da categoria com as demissões anunciadas. Defendeu publicamente os interesses dos trabalhadores na Audiência Pública realizada pela Câmara Municipal de Fortaleza de Minas, em 25 de outubro, que contou autoridades locais e regionais, como deputados federais e estaduais.

Em 6 de novembro, a população da cidade se mobilizou e fez uma passeata para protestar contra as demissões e sensibilizar a empresa para as graves consequências da paralisação de suas atividades no município.“A demissão em massa na Votorantim irá impactar negativamente toda a economia de Fortaleza de Minas. Por isso, vamos continuar lutando para impedir este processo e para forçar a empresa a lembrar de seus compromissos sociais”, informa José Maria.

Veja a íntegra da liminar em anexo.